Posts com Tag ‘Kleber Gonçalves’

Pastor Kleber Gonçalves

A Nova Semente é o primeiro projeto oficial da Igreja Adventista na América do Sul para alcançar os pós-modernos. Ela faz parte das mais de vinte comunidades similares espalhadas pelo mundo e vinculadas ao Centro de Estudos Seculares e Pós-modernos da sede mundial da igreja.

Para liderar tanto a Nova Semente como esse centro de estudos, foi escolhido o pastor Kleber Gonçalves. Ele possui doutorado (Ph.D.) em missão urbana e pós-modernismo, pela Andrews University (EUA), a mais importante universidade adventista.

Em breve, vou postar trechos de uma entrevista realizada com o pastor Kleber, que explica de maneira mais clara e prática como podemos proclamar o evangelho no contexto pós-moderno. Mas, agora, quero apresentar algumas informações sobre a tese de doutorado desenvolvida por ele.

A tese do pastor Kleber tem como título “A critique of the urban mission of the church in the light of an emerging postmodern condition” (Uma crítica da missão urbana da igreja à luz de uma emergente condição pós-moderna). Ela foi defendida em janeiro de 2005.

Resumo da tese

Este é o resumo que aparece na própria tese:

O mundo está se tornando uma sociedade urbana. A expansão urbana observada no século 20 e no início do século 21 não tem precedentes na história da civilização humana. Ao mesmo tempo, o mundo ocidental experimenta a mudança de paradigma da era moderna para uma condição pós-moderna. Ambos os eventos têm implicações notáveis para a missão da igreja em uma sociedade urbana e em processo de pós-modernização. Marcada pela cosmovisão do modernismo, a igreja experimenta hoje um ostracismo oriundo da condição pós-moderna.

Apesar de a literatura sobre a missão urbana ter crescido nos últimos anos, pouca consideração tem sido dada às questões específicas e às implicações da missão urbana no contexto da pós-modernidade. Por isso, este estudo aborda a relação entre a missão urbana da igreja e a emergência da condição pós-moderna.

Esta pesquisa sobre a missão urbana à luz do ethos pós-moderno se baseia na análise histórica, filosófica, sociológica e cultural das eras moderna e pós-moderna provida, respectivamente, nos capítulos 2 e 3. O capítulo 4 explora a relação entre a missão urbana da igreja e a condição pós-moderna primariamente ao situar o surgimento do pós-modernismo no contexto da urbanização e da globalização. O capítulo 5 apresenta algumas implicações missiológicas e sugere princípios para alcançar a mente pós-moderna em um contexto urbano, a partir das descobertas desta pesquisa.

No início do século 21, o poder centralizador da cidade, adicionado pela influência de um mercado global, torna o meio urbano o locus do pós-modernismo. Consequentemente, os desafios e as oportunidades de uma missão urbana nunca foram tão grandes. Apesar de alguns grandes problemas que o pós-modernismo levanta para a missão, essa corrente sociocultural oferece oportunidades inexistentes há poucas décadas. Portanto, dentro do contexto da interação das forças da urbanização, da globalização e do pós-modernismo, uma revisão profunda das estratégias e dos métodos da missão urbana é vital para o desenvolvimento de igrejas sensíveis ao fenômeno pós-moderno, à medida que a igreja busca atender o seu chamado a participar na missão divina direcionada a uma geração urbana e cada vez mais pós-moderna.

Fonte: Kerygma: revista eletrônica de teologia, 1º semestre de 2008, p. 62.

Anúncios